Arquivo do blog

sábado, 5 de fevereiro de 2011


Água Raz

Ah, meu amor,
mas isso foi há tanta horas.

As horas dissolvem o desejo.

Só não me olhe assim,
ou o desejo dissolve as horas!

Ah, meu amor, já são tantos os dias...

Quem foi que disse
que os dias dissolvem a vontade?

De certo
alguém que não sabia
dissolver as horas!


Flávia Côrtes - Fevereiro de 2011


Textos devidamente registrados na Biblioteca Nacional e protegidos quanto aos seus direitos autorais.
======================================================
Poesia Falada: Confira tudo sobre o CD no link Verso em Voz
Maiores informações: contato@poetaflaviacortes.com.br
======================================================

Um comentário:

André disse...

Excelente, Flávia! do tipo de poema que me encanta, esse. Nada genérico, tudo muito pessoal, simetrias maravilhosas, poesia em estado puro!

Minha admiração e meu carinho de sempre, poetisa.

Beijos,
A.