Arquivo do blog

quarta-feira, 3 de novembro de 2010


Epílogo

Absteu-se de nós
como se encanto arriscasse
como se magia ameaçasse

Me olhou em gesto meu
supondo intenção
em nós

Desencanto

Outubro de 2010

Um comentário:

André disse...

Ficou sem dúvida melhor separar os textos, eles eram mesmo complementares. No entanto, se os olho bem, daqui, esta manhã, me vem à idéia de que o segundo (Borboletas Idas) poderia sempre vir após o primeiro (Epílogo) na ordem de publicação. Assim guardariam a unidade entre eles, conquanto suas autonomias.

É só uma idéia que me ocorreu...

Meus apalusos e minha admiração de sempre, Flávia. Beijos e um belo dia prá ti.