Arquivo do blog

domingo, 6 de setembro de 2009


O tempo para os amigos não é...

Já notaram que amigos de verdade
raramente se reencontram
falando em “quanto tempo”?

Se disserem algo,
dirão apenas
“que saudade”.

É que o tempo, para os amigos,
não é o mesmo que acontece
para as outras pessoas.  

Para um amigo, dez anos viram 10 minutos em um reencontro.
E os anos magicamente se fundem em um único abraço.

Uma hora rindo com um amigo
faz mais feliz
do que muitas horas sorrindo
com outras pessoas.

Um momento mergulhado no abraço de um amigo
consola mais
do que um dia de condolências
de outras pessoas.

Um instante no olhar de um amigo 
conta mais
do que uma hora de palavras
para outras pessoas.

As horas conversando com um amigo
não acontecem
para entendimento.
Para isso, um olhar e um segundo bastariam.

E, é assim, que semanas sem notícias de um amigo
são dissolvidas no primeiro olhar.

Porque, diferente da paixão, que anseia e duvida, 
a amizade é um amor
que entende
e sabe. 

Setembro de 2009

Nenhum comentário: